• Peça aqui sua amostra grátis
  • Compre agora

Saiba como as fibras podem te ajudar

As fibras alimentares estão presentes em diversos alimentos de origem vegetal e têm sido largamente estudadas devido ao seu papel no organismo, que vai além do bom funcionanemto intestinal.
Veja abaixo alguns exemplos:

Fibras solúveis e saciedade

Fibras solúveis e saciedade

As fibras solúveis ao serem consumidas, devido a sua alta viscosidade, formam géis no estômago.

Essa ação promove um esvaziamento do estômago mais lento, o que promove uma absorção mais gradativa dos nutrientes como a glicose, prolongando a sensação de saciedade.

Fibras solúveis e diabetes

Fibras solúveis e diabetes

As fibras promovem a absorção mais lenta dos açúcares provenientes da dieta, diminuindo assim o que é chamado de pico glicêmico.

Essa ação auxilia para que os níveis de glicose (um tipo de açúcar) no sangue sejam gradativamente aumentados, principalmente após as refeições, visto que a transformação de carboidratos em glicose acontece mais lentamente, diminuindo assim os picos de açúcar no sangue.

Fibras solúveis e intestino preso

Fibras solúveis e intestino preso

A constipação ou intestino preso é uma das queixas digestivas mais comuns na população em geral, e em alguns públicos específicos pode ser ainda mais alta, como por exemplo, gestantes, crianças e idosos.

As fibras solúveis e prebióticas possuem papel fundamental na regularização intestinal. Para isso, elas favorecem o crescimento de bactérias benéficas do intestino, bem como auxiliam na mobilidade gastrintestinal e na frequência de evacuações.

Fibras e colesterol

Fibras e colesterol

A forma que as gorduras são digeridas e metabolizadas pelo corpo pode ser alterada de acordo com o consumo das fibras. Isso ocorre devido a sua ação no organismo, pois a absorção de água produz uma diluição que altera tanto a digestão, como a absorção das gorduras. Com isso, as fibras auxiliam na redução do colesterol no sangue.

Vale ressaltar que a alimentação como um todo constitui um importante fator para o controle lipídico, a redução na ingestão de gorduras no geral e o aumento no consumo de fibra alimentar são fortes aliados de uma alimentação saudável.